O que nossos artigos mais lidos em 2022 dizem sobre o mercado atual?

O autodesenvolvimento é uma necessidade para os profissionais que desejam conquistar uma carreira de sucesso em um mercado cada vez mais competitivo. Entretanto, pode ser difícil acompanhar tudo que o mercado está buscando.

Para lhe ajudar a ter um 2023 com mais foco e evolução, reunimos os três artigos mais lidos no nosso blog em 2022 e explicamos como esses assuntos estão relacionados com o futuro do trabalho. Boa leitura!

Qual a relação dos artigos mais lidos da K21 com o mercado?

1º lugar: Product Backlog: Épico, História de Usuário e Tarefas

Conteúdo mais acessado da K21 em 2022, não é uma surpresa um artigo sobre Product Backlog ser alvo de atenção de tantos leitores. Em um mercado cada vez mais competitivo, entender a relação entre o cliente e o produto é essencial para garantir o sucesso da sua empresa. 

Peça-chave dessa relação, o Product Owner possui uma série de responsabilidades a fim de aproximar ainda mais os clientes do produto do qual ele é responsável, como:

  • levantar hipóteses de soluções para problemas com o time;
  • descartar itens de backlog que não fazem mais sentido para a realidade atual do produto;
  • priorizar itens de backlog para maximizar o valor do produto;
  • realizar pesquisas com clientes/usuários;
  • metrificar resultados;
  • estudar o mercado;
  • definir estratégia do produto.

Por ser um profissional difícil de ser encontrado no mercado com a capacitação necessária, Marcos Garrido, um dos fundadores da K21, diz que “Product Owner, quando a gente acha, já segura logo porque é coisa rara! A disputa tá grande”. 

Ou seja, ser um profissional que sabe fazer uma gestão de time e gerenciar o backlog é um diferencial enorme em um mercado em que ainda possui espaço para crescimento. 

Visando essa falta no mercado, a K21 preparou o treinamento Certified Scrum Product Owner® (CSPO) para quem deseja se destacar como gestor de produtos ágeis com certificação internacional. Com exercícios, discussões e trabalhos em grupo é possível aprender a rotina de um Product Owner e gerir um product backlog de sucesso.

2º lugar: O que é Statik?

Nosso segundo artigo mais lido em 2022, “O que é Statik?” é um aprofundamento do famoso sistema para a gestão de times e do trabalho, Kanban. De origem japonesa, o termo “Kanban” (que pode ser traduzido para cartão) surgiu com a proposta de acompanhar o andamento de uma produção por meio de post-its.

Esse sistema visual, criado para gerenciar o trabalho conforme ele se move pelos processos, ganhou popularidade e é usado por multinacionais como Vivo, NeoAssist e McDonald’s.

Entretanto, se engana quem pensa que essa metodologia ágil é uma solução mágica. Afinal, ela é apenas uma ferramenta. Para transformar a gestão de produtos, essa ferramenta precisa ser implementada com a visão centrada nas necessidades da corporação – onde entra o Statik.

O Systems Thinking Approach to Introducing Kanban é, segundo David Anderson, o pai do método Kanban, a principal abordagem para os interessados na ferramenta. Ao longo dos 8 passos do Statik, a equipe é convidada a observar padrões organizacionais sob um ponto de vista amplo, ao invés de olhar isoladamente para uma pequena parte. 

Ou seja, ao utilizar um olhar integral, é possível personalizar uma ferramenta que:

  • reduz o tempo gasto na execução de processos;
  • aprimora a visualização de problemas;
  • simplifica o planejamento diário;
  • oferece mais dinamismo entre equipes;
  • cria independência.

E em um mercado onde fabricantes de bens de consumo desperdiçaram cerca de US$ 4 bilhões em produtos em apenas quatro anos, ser um profissional que enxerga uma ferramenta organizacional de vários ângulos é um enorme diferencial.

Os treinamentos Kanban System Design (KSD) e Kanban Systems Improvement (KSI) da K21, você ganhará o conhecimento necessário para projetar, evoluir e escalar um sistema Kanban para as equipes, aumentando sua atratividade profissional ao se tornar um Kanban Management Professional (KMP). 

Leia também: O que é Agilidade?

3º lugar: O que é Flight Levels e suas 5 atividades

O terceiro texto que queremos destacar de 2022 tem como foco uma das principais dificuldades das lideranças: como trabalhar simultaneamente com times variados?

Com o S do ESG cada vez mais implementado nas corporações, muitas das equipes são montadas por colaboradores de diferentes gerações e com vivências únicas. Ou seja, para praticar uma liderança na complexidade é necessário praticar uma visão abrangente que também permita enxergar todas essas nuances.

O método flight levels, tópico abordado do artigo, utiliza a analogia dos “níveis” de voo da aviação para analisar e encontrar processos que devem ser ajustados a fim de alcançar os resultados mapeados pela empresa.

Essa proposta, focada na resolução de problemas, não está focada no método ou framework utilizados por times ou áreas específicas. Seu valor está na contínua otimização da cadeia de valor, ao invés das otimizações locais.

E é justamente esse o objetivo do treinamento Flight Levels 2 Design (FL2D): promover interações ágeis e remover barreiras no nível de operação para aumentar as entregas contínuas de valor.

Esperamos que, com esse conteúdo, você tenha entendido um pouco mais sobre as necessidades atuais do mercado profissional. E se você deseja seguir se desenvolvendo, acompanhe nosso blog e confira todos os treinamentos oferecidos pela K21.

Sobre o autor(a)

Função não encontrada

Artigos relacionados

Uma das principais habilidades que desenvolvemos enquanto consultores é a de fazer boas perguntas. Uma vez que as pessoas percebem o poder que tem uma boa pergunta, colocada ali na hora certa e que muda o destino de uma reunião,…

Há cerca de uma semana um estudo com um título bombástico tomou conta da web: “268% dos projetos que passaram a utilizar Métodos Ágeis pioraram e 56% passaram a falhar”, dizia o título. E ao ler o conteúdo, pareceu que…

A polêmica da semana é sobre o suspeitíssimo “estudo” afirmando que projetos com Agilidade teriam 268% mais chance de falhar.  Muito rapidamente os cavaleiros do apocalipse já se apropriaram do conteúdo para poder dizer que já sabiam! Claro que esse…

Oi time! Vamos conversar rapidinho sobre como podemos fazer nossas reuniões renderem mais sem deixar ninguém na corda bamba com a agenda lotada. Aqui vão algumas dicas pra gente manter o equilíbrio: A) Marcando as reuniões: 1) Checagem de Disponibilidade:…