Feedback do time para o time

Quando temos um time ágil, quem é o responsável pela melhoria contínua do time? É o Scrum Master? O Agile Coach? Ou o Gestor? Se escolheu um, errou. Porque nenhum deles tem esta responsabilidade. O time é que deve ser o próprio responsável pela sua evolução, com feedbacks de cada membro para o outro.

E há diversos meios de fazermos este processo visando a melhoria. Neste artigo, apresentamos uma das maneiras a você. Continue lendo para aprender o passo a passo de uma técnica de feedback em que os membros do time recebem e dão feedback para os outros membros do time.

Como funciona?

Primeiramente, distribua duas folhas para todos os membros do time. A seguir, peça para que cada um coloque o seu próprio nome em cada um dos papéis.

5 pessoas na imagem. Uma é a facilitadora. As demais são: Mary, John, Greg e Tom. Na frente de cada pessoa há 2 folhas. Cada uma com o nome da pessoa.
Momento inicial: cada um coloca o seu nome em 2 papéis para receber feedback de duas pessoas do time escolhidas aleatoriamente

Após finalizarem, recolha os papéis e os embaralhe. Na sequência, redistribua para todos no time de forma aleatória, sem olhar os nomes.

Garanta que as seguintes coisas aconteceram:

  1. uma pessoa não recebeu dois papéis com o mesmo nome
  2. ninguém recebeu o papel com o seu próprio nome.
Troca de Feedbacks. A facilitadora permanece facilitando. Mary recebeu os papéis para dar feedback ao John e Tom. John recebeu os papéis para dar feedback ao Greg e Mary. Greg recebeu os papéis para dar feedback ao Tom e Mary. Tom recebeu os papéis para dar feedback ao Greg e John.
Papéis para cada um dar feedbacks a 2 membros do time

Agora, peça para cada pessoa escrever o feedback para outra. Desses, 2 devem ser positivos (reforçar bons valores e comportamentos) e 2 devem ser construtivos (promover a melhoria da pessoa).

Antes de fazer isso. Gosto de deixar claro o que é um bom feedback.

Dê um tempo para as pessoas escreverem. Recomendo 5 minutos inicialmente. Se necessário, podemos dar até mais 5 minutos. A escrita é feita de forma livre.

Recolha todos os papéis e embaralhe novamente.

As pessoas continuam na mesma posição. A Facilitadora recolheu todos os 8 papéis e estão na frente dela.
Papéis recolhidos pela facilitadora

Agora, está na hora de fazer uma pergunta importante e uma votação: se as pessoas querem que o facilitador leia os feedbacks em público ou se preferem receber em particular.

Um ponto importantíssimo: se uma pessoa quiser que seja em particular, todos serão em particular. A publicação só deve ocorrer caso a escolha seja unânime.

Como dar o feedback para as pessoas?

Para evitar constrangimentos nesta votação, gosto de utilizar a técnica Freddy Mercury para facilitar. Nela, todos os membros do time olham para o chão e levantam a mão para o alto.

O facilitador instrui: “quem quer que o feedback seja lido em público permaneça com a mão fechada. E quem quer que seja dado particularmente, levante um dos dedos.”

Caso uma pessoa levante o dedo, todos os feedbacks serão dados particularmente.

Desenho do Freddie Mercury em sua lendária posição com a mão para cima, braços estendidos e punho cerrado enquanto olha para baixo e segura o microfone abaixo da linha da cintura.
Freddie Mercury em sua lendária posição com a mão para cima, braços estendidos e punho cerrado enquanto olha para baixo

Se escolheram a publicação, comece a ler. Se escolheram o privado, marque sessões com todos os envolvidos. Se as pessoas procurarem você para ajudar a tomar ações sobre o que receberam, esteja disponível para ajudá-las.

Quer saber mais sobre a gestão de pessoas e outras Técnicas de Facilitação?

Assista a esse vídeo no YouTube sobre como a medir a agilidade do seu time com métricas ágeis e participe dos nossos treinamentos de Management 3.0 e Técnicas Ágeis de Facilitação.

Leia também outros artigos do nosso Blog!

Construa o RH com foco na cultura ágil

Aprofunde seus conhecimentos sobre os valores da agilidade no dia a dia do RH. E aprenda a posicionar esta área essencial de uma forma mais estratégica e inovadora na sua organização.

Baixe o e-book gratuito RH Ágil!

Sobre o autor(a)

Função não encontrada

Artigos relacionados

O Guia do Scrum fala sobre o refinamento do Product Backlog: “O Product Backlog é refinado conforme necessário” (p. 9). Todavia ele não descreve exatamente o que é o refinamento. Uma reunião, uma atividade, um processo. Neste artigo vamos jogar…

Marcos Garrido, Sócio-fundador e Trainer na K21

Existem muitas formas de organizar as métricas de seu produto / empresa. Aqui neste blog já escrevemos sobre as Métricas do Pirata, Fit For Purpose (F4P) e Métricas nas Quatro Áreas de Domínio da Agilidade. Todavia, agora, queremos falar sobre…

Após alguns anos desenvolvendo produtos e ajudando outras empresas a fazer tal, gostaria de listar com vocês alguns erros comuns que percebi ao longo dessa jornada. Olhando para as 4 Áreas de Domínio da Agilidade (Negócio, Cultural, Organizacional e Técnica)…

Uma das principais habilidades que desenvolvemos enquanto consultores é a de fazer boas perguntas. Uma vez que as pessoas percebem o poder que tem uma boa pergunta, colocada ali na hora certa e que muda o destino de uma reunião,…