Qual é a diferença entre Product Manager e Product Owner?

Compartilhe:

Após acompanhar dezenas de Product Owners e Product Managers, a pergunta que fica no ar é: Afinal, eu sou Product Owner ou Product Manager? 

Existe uma “glamourização“ do papel de Product Manager no mercado, influenciada principalmente pelo Marty Cagan.

Isso faz com que as pessoas acreditem e disseminem que o PM é papel responsável pela estratégia e pelo todo do produto, enquanto o PO cuida somente da entrega.

As empresas assimilaram isso como dois papéis totalmente distintos, ou seja, cria-se um silo entre pensador e executor.

Isso acontece porque as organizações, em sua maioria, sentem dificuldade em dar a autonomia necessária para as pessoas.

Particularmente, não gosto dessa abordagem, por acreditar que estratégia sem execução é o mesmo que NADA.

Ouça esse conteúdo:

Em muitas empresas, o que se entende por estratégia é um excessivo planejamento para garantir que teremos certeza de tudo.

A origem de Product Manager e Product Owner

O trabalho de Product Manager é algo que remonta dos anos 1930, então não é uma disciplina tão nova assim. Mas ganhou tração com o rápido crescimento das startups de software nos últimos 20, 30 anos.

Já o termo Product Owner foi difundido com a chegada do Scrum, que indica que o papel é o elo entre os clientes, stakeholders e a equipe de produto. Ou seja, é tipicamente a função do Product Manager.

“PRODUCT OWNER IS A ROLE YOU PLAY ON A SCRUM TEAM.
PRODUCT MANAGER IS THE JOB.”
– Melissa Perri 

Não deveria haver qualquer relação de hierarquia entre os dois papéis. Seja como for, se você trabalha com produtos e não consegue compreender as mudanças em sua volta e se adaptar, cuidado.

A grande questão

A grande questão não é sobre o nome do papel, é sobre você, é sobre suas decisões, é sobre como você lida com a pressão de todos os lados (clientes, mercado, stakeholders e time).

Seja como Product Owner ou Product Manager, você tem que ser capaz de ouvir os seus clientes e colegas, entender das métricas do seu produto e definir mecanismos mais eficazes para que seu negócio seja relevante no mercado.

Espero que tenha gostado deste artigo. Deixe nos comentários dúvidas ou sugestões de conteúdos.

Mais conteúdos sobre produtos

Para mais conteúdos siga o perfil do Product Summit no Instagram: @psummitbr.

Ouça também este episódio do Love The Problem:

E se quiser aprender mais sobre o papel de Product Owner, participe do treinamento CSPO.

Sobre o autor(a)

Agile Expert e Trainer na K21

Apaixonado por inovação, com experiência em desenvolvimento de produtos digitais utilizando práticas de Design Thinking, Lean Startup e Desenvolvimento Ágil

Artigos relacionados

Após terminar de ler o livro Ruído de Daniel Kahneman, decidi reler alguns clássicos que não olhava há algum tempo. Dentre eles, Rápido e Devagar do mesmo autor e Pensando em Sistemas de Daniela Meadows. Não pude deixar de perceber…

O Guia do Scrum fala sobre o refinamento do Product Backlog: “O Product Backlog é refinado conforme necessário” (p. 9). Todavia ele não descreve exatamente o que é o refinamento. Uma reunião, uma atividade, um processo. Neste artigo vamos jogar…

Marcos Garrido, Sócio-fundador e Trainer na K21

Existem muitas formas de organizar as métricas de seu produto / empresa. Aqui neste blog já escrevemos sobre as Métricas do Pirata, Fit For Purpose (F4P) e Métricas nas Quatro Áreas de Domínio da Agilidade. Todavia, agora, queremos falar sobre…

Após alguns anos desenvolvendo produtos e ajudando outras empresas a fazer tal, gostaria de listar com vocês alguns erros comuns que percebi ao longo dessa jornada. Olhando para as 4 Áreas de Domínio da Agilidade (Negócio, Cultural, Organizacional e Técnica)…