Palestra: Introduzindo Kanban por uma abordagem sistêmica

Compartilhe:

Ao receber o convite para palestrar no Lean Space Conference, em Floripa, sabendo que a proposta dos organizadores era fazer o maior evento gratuito sobre Lean & Agile do Brasil, achei legal falar sobre como começar com o método Kanban.

post “O que é STATIK? Dicas para começar a aplicar o método Kanban!” faz bastante sucesso aqui no blog (temos inclusive uma versão em inglês), e reforçar a mensagem de “vai muito além do quadro” e “valorize o pensamento sistêmico” me pareceu adequado, dado o público.

E já que o evento é gratuito, por que não disponibilizar também gratuitamente aqui no blog a apresentação? 😉

Você pode encontrá-la aqui.

Fiz uma apresentação mais detalhada do que geralmente faço, já com a intenção de facilitar para quem não estiver no evento ter como baixar e colocar em prática! 😀

Para colocar o método Kanban em prática com muito mais segurança, recomendo muito o nosso treinamento oficial de Kanban, certificado pela Lean Kanban University. Você pode conferir as próximas turmas aqui.

E se pintar qualquer dúvida ou feedback, é só puxar assunto aí nos comentários! 🙂

Sobre o autor(a)

Agile Expert e Trainer na K21

Lula é host no Love the Problem, o podcast da K21. Entre um episódio e outro, contam por aí que ele também dá aula de Kanban, Flight Levels e Certified Scrum Developer, mas eu só acredito vendo…

No headers found for the table of contents.

Artigos relacionados

O Guia do Scrum fala sobre o refinamento do Product Backlog: “O Product Backlog é refinado conforme necessário” (p. 9). Todavia ele não descreve exatamente o que é o refinamento. Uma reunião, uma atividade, um processo. Neste artigo vamos jogar…

Marcos Garrido, Sócio-fundador e Trainer na K21

Existem muitas formas de organizar as métricas de seu produto / empresa. Aqui neste blog já escrevemos sobre as Métricas do Pirata, Fit For Purpose (F4P) e Métricas nas Quatro Áreas de Domínio da Agilidade. Todavia, agora, queremos falar sobre…

Após alguns anos desenvolvendo produtos e ajudando outras empresas a fazer tal, gostaria de listar com vocês alguns erros comuns que percebi ao longo dessa jornada. Olhando para as 4 Áreas de Domínio da Agilidade (Negócio, Cultural, Organizacional e Técnica)…

Uma das principais habilidades que desenvolvemos enquanto consultores é a de fazer boas perguntas. Uma vez que as pessoas percebem o poder que tem uma boa pergunta, colocada ali na hora certa e que muda o destino de uma reunião,…